HOTEL - HOSTEL - GUEST HOUSE – BED&BREAKFAST (B&B).
O QUE SÃO? QUAIS AS DIFERENÇAS?

Percebemos que muitas pessoas, principalmente no Brasil, não sabem o que significa e quais são as diferenças existentes entre um Hotel, Hostel, Guest House (GH) ou Bed&Breakfast (B&B). Tal falta de conhecimento gera nos hóspedes uma sensação de frustração, pois, ao fazerem a reserva, imaginam se tratar de algo diverso daquele que presenciam ao chegar à localidade.

Os estrangeiros, notadamente Europeus, já estão mais adaptados e sabem exatamente o que esperar ao reservar sua hospedagem junto a um Hostel, Guest House e B&B.

Para ajudar, esclarecemos abaixo algumas das diferenças, em nossa opinião, existentes entre os estabelecimentos de hospedagem, de forma que o hóspede saiba optar, e principalmente se comportar no ambiente escolhido, sem maiores frustrações.

Levando em conta que o HOTEL (tradicional) é o estabelecimento mais utilizado nos últimos anos, acreditamos que não precisamos perder tempo esclarecendo as peculiaridades respectivas, razão pela qual passamos àqueles que maiores dúvidas geram aos hóspedes em geral.

HOSTEL

O HOSTEL foi uma alternativa de hospedagem criada para conferir ao viajante, nacional ou internacional, a possibilidade de permanecer hospedado no local pretendido a custos mais suaves e inferiores do que aqueles pagos em um Hotel tradicional, abrindo mão de determinados requintes estruturais encontrados em tais estabelecimentos.

O HOSTEL é uma ambiente de característica comercial, munido de funcionários, mesmo que em pequeno número e, destinado a receber seus hóspedes como se um mini-Hotel fosse. Alguns servem café-da-manhã, outros não. O esquema, na maioria das vezes, é o "faça você mesmo". Arrume sua cama, se instale, passe sua roupa, cozinhe sua comida, pegue sua água, faça o seu chá, sirva-se, faça amigos, se divirta, enfim, sinta-se em casa.

As vantagens geralmente são a de se pagar bem menos o que se pagaria ficando em qualquer Hotel tradicional; se estabelecer em uma localização privilegiada (geralmente os Hostels se instalam em pontos estratégicos, onde o turista pode se locomover com facilidade e permanecer em ponto nobre ou adequado à finalidade pretendida (visitação dos pontos turísticos); estrutura e conforto aceitáveis; bom atendimento; limpeza e, senão o mais importante, a interação social entre os hóspedes.
Sim! As pessoas que se hospedam em HOSTEL, além de buscarem as facilidades acima, almejam conhecer pessoas, almejam se relacionarem, trocarem "figurinhas" sobre viagens e experiências vivenciadas. Enfim, se divertirem, além de conhecerem o local.

É claro, como nos Hotéis tradicionais, o hóspede vai se deparar com HOSTELS que, em determinados casos superam as expectativas e, obviamente, outros que deixam muito a desejar. Por isso a importância de se saber como escolher um Hostel, tópico este que mais adiante será esclarecido.

Geralmente o hóspede que reserva um Hostel tem um perfil menos exigente. Sabe exatamente aquilo que quer e, inclusive, o que vai encontrar. Consequentemente, não é de reclamar, mas sim de se adaptar ao ambiente e aproveitar. O Hóspede não espera pagar menos que pagaria em um Hotel tradicional e, surpreendentemente, encontrar uma estrutura grandiosa, requintada e de serviços à mão. Não! Ele tem plena ciência de que vai encontrar uma estrutura mais modesta, porém mais que necessária para o bom proveito da localidade.

Hoje me dia até existem Hostels que superam em muito a estrutura de muitos Hotéis, mas não são baratos. Estes são os Hostels "Boutique" (mais facilmente encontrados no exterior).

No Brasil, infelizmente, as estruturas oferecidas por Hostels, guardadas raras exceções, ainda são bem rudimentares em comparação com o que se verifica no exterior, notadamente na Europa. Mas a tendência é melhorar. Cada vez mais surgem Hostels no Brasil e, a concorrência não permite incompetência. O turismo exploratório e, inclusive, a própria qualificação dos usuários tendem a eliminar os maus prestadores de serviços.

Portanto, se você está pensando em reservar o HOSTEL, procure por um adequado aos seus interesses e entre no clima. Se adapte a estrutura e demais vantagens que você está tendo pelo preço pago (bem inferior ao de um Hotel comum), sem reclamar de pequenos inconvenientes e se apegar a pequenos detalhes, pois o que todos buscam em tal localidade é um ambiente de harmonia e amizade.

Quem procura Hostel são jovens que viajam só, ou em grupo e, até mesmo, grupos de casais jovens que gostam de conciliar viagem, aventura à custos baixos. As pessoas tendem a aproveitar, explorar a cidade e inclusive o espaço oferecido pelo Hostel para fins de lazer.

Se você quer diversão, procure um Hostel com Bar integrado a sua estrutura, situado próximo ao "night-life". Se prefere sossego, opte por Hostels em locais menos barulhentos, ou então, GUESTHOUSES ou BED&BREAKFASTS (B&B).

Os Hostels oferecem tipos diferentes de quartos, dentre eles, os Mixed Bedrooms (quartos com vários beliches ou treliches divididos por várias pessoas diferentes); Female Room (só para mulheres); Group Rooms (para grupos de 4, 6 e 8 pessoas ou mais). Double Bed Private ensuite (Quarto privado, com cama de casal e banheiro particular). Twin bed private ensuite (Quarto privado, com 2 camas de solteiro e banheiro particular. Sempre que aparecer Shared Bathroom, o banheiro é compartilhado por todos os frequentadores. Ensuite, o banheiro é particular.

Em relação aos Hostels, é que consideramos conveniente consignar.

GUESTHOUSES e BED&BREAKFASTS (B&B ou BnB)

Colocamos os GuestHouses e Bed&Breakfasts no mesmo patamar pelo fato de se tratarem de estabelecimentos bem similares, a diferença básica entre ambos é a de que o Guest House pode optar não oferecer o café-da-manhã. Já no Bed&Breakfast, tal serviço está em sua essência como o próprio nome aduz.

Ambos seguem praticamente as mesmas características de um HOSTEL, mas estão estruturados em estabelecimento RESIDENCIAIS, ou seja, uma pessoa comum com características de ANFITRIÃO, ao ver em seu apartamento a possibilidade de dispor de alguns aposentos o estrutura para tal finalidade e, desde então, o disponibiliza à hospedagem de hóspedes nacionais ou estrangeiros.

O papel do anfitrião é o de receber bem seus convidados/hóspedes (guests) e, na medida do possível, guiá-los, acompanhá-los, auxiliá-los ao máximo com todas as dicas possíveis para a melhor exploração da cidade e fornecer todas as informações culturais disponíveis hospedando-os com conforto e requinte.

O Bed&Breakfast e GuestHouse são ambientes mais intimistas. A idéia é a de que o Hóspede se sinta totalmente em casa. O bom anfitrião estrutura seu apartamento de forma que os convidados se sintam totalmente à vontade para irem e virem dentro de casa, conferindo-lhes as chaves de casa para saírem e retornarem quando bem pretenderem, conferindo um número de telefone 24hs para qualquer emergência.

Neste ambiente, em tese, você encontrará estruturalmente à disposição algo muito similar aquilo oferecido pelos Hostels, porém com mais conforto requinte e privilégios. Claro, se souber escolher direito.

Geralmente, se o hóspede souber escolher bem o seu GuestHouse ou Bed&Breakfast ficará muito bem hospedado gozando de maior conforto, segurança, localização e, inclusive, maior atenção. Ademais, ficará em ambiente de menor ocupação e barulho, por conta da estrutura mais enxuta e personalizada, peculiar de tais estabelecimentos.

O perfil de quem procura um GuestHouse ou Bed&Breakfast é similar ao daqueles que procuram Hostels, porém geralmente são pessoas que preferem pagar um pouco mais para terem mais conforto, liberdade, paz, silêncio, um tratamento mais personalizado, café da manhã mais caseiro e bem servido, podendo ainda se integrar socialmente com o anfitrião, ou com os demais hóspedes. Geralmente são hóspedes que prezam mais pela exploração do local, do que a permanência e proveito do estabelecimento.

O preço dos GuestHouses e Bed&Breakfasts tendem a ser um pouco mais caros que aqueles cobrados pelos Hostels, pois neste último, face a maior disponibilidade de leitos, a possibilidade adaptação de preço é maior. Nos GH e B&B, por se tratarem de ambientes mais personalizados e dotados de menos leitos os valores são um pouco maiores, acompanhados, obviamente, de melhor conforto e requinte.

O Hóspede que pensa que há eventual constrangimento em se hospedar na casa alheia está completamente enganado, pois o bom Anfitrião que se propõe a oferecer dormitórios sabe perfeitamente como lidar com a situação, criando ambientes e estrutura que agregam os hóspedes presentes, deixando-os totalmente à vontade de forma que sintam totalmente em casa.

Por estarem freqüentando a residência do Anfitrião, conveniente que os hóspedes se comportem adequadamente, respeitando as regras da casa e, principalmente, a paz dos demais convidados hospedados.

COMO PROCEDER PARA PROCURAR UM BOM HOSTEL, GUESTHOUSE OU BED&BREAKFAST, E NÃO SE DECEPCIONAR?

PASSO-A-PASSO

1- QUALIFICAÇÃO GERAL (Overal Rating)

Atenção! Quem qualifica um Hostel, B&B ou GH é o próprio hóspede, ou seja, a pessoa que ficou em qualquer dos estabelecimentos por determinado período é convidada, posteriormente, a postar uma qualificação a respeito do estabelecimento. E usualmente o faz.
É com base exatamente nesta qualificação feita por todos os ex-usuários de determinado estabelecimento de hospedagem que uma pontuação será gerada nas respectivas propagandas, nos sites de reservas.

Portanto, quando buscar por Hostel, B&B ou GH, a dica é, após visualizar todos os disponíveis na data pretendida, refine a busca para que os mais qualificados apareçam primeiramente que os menos qualificados. Aqueles que aparecem entre os 10 (dez) primeiros, são os mais confiáveis. Mas, atenção, não leve isso ao pé da letra, sempre*.

*(OBS: Existirão Hostel, B&B ou GH recém inaugurados que não possuem qualificação ainda, por não terem recebido hóspedes. Mas nem por isso não são confiáveis.

Muitas vezes vale a pena dar uma chance, pois o mais novos sempre pretendem superar os já existentes. E, convenhamos, nada como estar em um ambiente novinho.)

Outro detalhe de suma importância é a leitura atenta aos comentários dos hóspedes que já ficaram nos "top list" Hostels, B&Bs ou GH, pois assim ficará fácil discernir e optar por aquele que melhor lhe convém, com base nos prós e contras consignados pelos ex-usuários. (OBS: Tem gente que exagera nas reclamações, por exatamente não saberem o que significam os estabelecimentos em questão.)

No quesito qualificação do estabelecimento você terá uma real noção daquilo que realmente representa o Hostel, B&B ou GH. Tenha em mente que as aparências (fotos publicadas) muitas vezes enganam. Por isso a importância de ler as qualificações, Quem foi enganado, faz questão de registrar.

Importante, portanto, que o hospede, ao registrar a qualificação de um estabelecimento, leve isso a sério, pois o se todos assim procederem, cada vez mais fica difícil de errar na escolha adequada de um estabelecimento, com base na leitura das qualificações feitas por cada qual. Não se deixe influenciar por suvenirs, presentinhos ou coerção. Qualifica de forma sincera e pontue bem os estabelecimentos que merecem tal pontuação.

2- LOCALIZAÇÃO

Ficar em uma área bem localizada na cidade visitada é sinônimo de tranqüilidade e, é algo que vai conferir ao hóspede inúmeras facilidades, dentre elas, a fácil locomoção aos principais pontos turísticos e à vida social da localidade.

Dê preferência a locais próximos ao metrô, com abundância de transporte público, seguro e silencioso e próximo as atrações pretendidas. Ficar distante dos pontos principais e pretender visitá-los significa jogar no lixo toda economia resultante da hospedagem em conta, perda de tempo e restrição.

E como saber onde ficar se você não conhece a localidade? Simples. Nos sites de reservas, ao pesquisar Hostel, B&B ou GH disponíveis, você encontrará a opção de visualização dos Hostel, B&B ou GH disponíveis pelo método de visualização de mapa. Geralmente, onde há a maior concentração deles é onde você deve ficar caso pretenda explorar os pontos turísticos da cidade, ou conciliar entre boa localização, conforto e pontos turísticos. Caso pretenda ficar em local mais sossegado e distante da da confusão da cidade, procure os estabelecimentos situados em locais pitorescos, com visuais maravilhosos e curta o estabelecimento propriamente dito. Se o hóspede pretende algo temático, idem. Se busca realizar algum tipo de esporte, há estabelecimento situados em pontos bem específicos. Enfim, a variedade é enorme.

3- FOTOS DO ESTABELECIMENTO

Não confie totalmente nas fotos do estabelecimento propagadas no site de reservas. Muitos Hostels, B&Bs ou GHs investem pesado na estruturação de um único quarto e postam essa única foto no site de reserva, aliadas a outras demais fotos de paisagens, pontos turísticos da cidade em questão. Desconfie. Se o Hostel, B&B ou GH é bom, fará de tudo para colocar o máximo de fotos possível do estabelecimento, passando ao cliente uma verdadeira noção daquilo que ele está contratando. Fotos dos banheiros, quartos, cozinha, sala de estar e estrutura são o mínimo que o hóspede espera ver antes de reservar.

4- FACILIDADES

Além das fotos, outra forma de verificar as características do Hostel, B&B ou GH seria a análise da listagem de "facilidades" extraordinárias que ele oferece: Café-da-manhã; wi-fi; computadores; secador de cabelo; portaria 24hs; "transfers" ao aeroporto; piscina; terraço, hidromassagem, mapas, lockers, tours, etc.

5- PREÇO

Não se deixe levar pelo preço mais barato! Isso é decepção na certa, guardadas raríssimas exceções. Geralmente, quem não tem o que oferecer de melhor, oferece preço. Claro, há exceções, pois em algumas situações os bons Hostels, B&Bs ou GHs fazem promoções, conferem descontos, notadamente na baixa temporada e etc. Mas como dito acima, a melhor premissa a se seguir é a de que: "THE PRICE DOSEN'T PAY", ou seja, "O PREÇO NÃO COMPENSA". Reservar pelo fator preço pode expor o hóspede a situações amplamente desagradáveis. Lembre-se, preço barato em local nobre é algo incompatível. O custo operacional de um Hostel, B&B ou GH, dependendo da localidade onde está estabelecido, é alto. Portanto, desconfie.

6- COMPARE AS QUAILIFICAÇÕES DE UM SITE, COM AS DE OUTRO IDÔNEO

Compare as qualificações dos sites de reservas com as de outros que venham a confirmá-las ou desmenti-las, pois existem Hostel, B&B ou GH que conferem "souvenirs" e presentinhos aos hóspedes na ocasião do "check-out", para que os mesmos esqueçam os "contras" e postem uma qualificação que contenham somente os "prós". Sim, isso acontece. Portanto, sempre convém verificar as qualificações conferidas em determinado sites de reserva, com aquelas existentes nos demais existentes ou, até mesmo, em sites onde a qualificação é conferida idoneamente, como no site www.TRIPADVISOR.com, onde a pessoa entra e qualifica o estabelecimento por livre e espontânea vontade.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

As opiniões acima foram formadas após inúmeras viagens à Europa, U.S.A., Argentina, Rússia e, inclusive, Brasil, sempre com a hospedagem em Hostels, B&B ou GH em todas essas oportunidades. As opiniões podem ser divergentes em alguns pontos, mas a idéia aqui não gerar discussões, e sim mera manifestação de opinião visando orientar o hóspede, mesmo que superficialmente, a optar e ter ciência do que esperar nos mais diferentes tipos de estabelecimentos abordados.
Por esse motivo, esperamos ter cooperado e esclarecido as dúvidas existentes àqueles que desconheciam as diferenças existentes entre os aludidos tipos de estabelecimentos acima mencionados.

 
 
Acesse nossa FanPage no Facebook